RESENHA: Tão Ontem

Sinopse: Romance, ação, mistério e uma boa dose de sátira, “TÃO ONTEM” é um romance fascinante, que vai fazer você questionar tudo que sempre pensou sobre o que é ser cool. Você já pensou em quem foi o primeiro a usar a carteira presa por uma corrente ou quem começou a usar calças grandes demais de propósito? E o primeiro a usar o boné virado para trás? Esses são os Inovadores, as pessoas no topo da pirâmide de consumo. Aos 17 anos Hunter é um Caçador de Tendências, os segundos na pirâmide. Seu trabalho: identificar o que há de mais novo e legal para o mercado seguir. Seu modus operandi: observar sem se envolver. Mas a partir do momento que ele conhece Jen, uma Inovadora, ele não consegue evitar se envolver. E muito.

A dupla é chamada para uma reunião misteriosa com Mandy, chefe de Hunter. Mas o encontro não acontece e tudo que descobrem é o celular de Mandy em um prédio abandonado. De uma hora para outra, Hunter e Jen se vêem envolvidos em uma guerra do mercado: um carregamento repleto com os tênis mais legais que já viram, anúncios de produtos que não existem e um obscuro grupo dedicado a desmantelar a cultura consumista como conhecemos.

Editora: Galera Record

Autor: Scott Westerfeld

Onde comprar: Saraiva|Cultura|Submarino
Classificação: 4/5

Só por ser um livro do Scott já podem imaginar qual é a minha opinião hahaha, e acreditem ela é a mesma de sempre. O livro é incrivelmente bom, cheio de mistério, romance e com aquele tom de sátira maravilhoso.

Uma das coisas que eu mais gosto na literatura é a interação leitor e livro, o quanto em consigo ver o universo do livro como o meu universo. Tão Ontem tem a quantidade necessária de realidade, muitas vezes, uma dose até um pouco maior dela, mas isso não o torna um livro chato. Muito pelo contrário.

You may also like

RESENHA: Os 13 Porquês

RESENHA: Os 13 Porquês