RESENHA: A Batalha do Labirinto

Sinopse:O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que esse refúgio de semideuses – o Acampamento Meio-Sangue – não seja invadido, Percy Jackson e um jovem ciclope, ambos filhos de Poseidon, Annabeth Chase, filha de Atena, e Grover, um sátiro, são destacados para uma importante missão – deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento. Para isso, será preciso sobreviver ao emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo – um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas.

Editora: Intrinseca
Autor: Rick Riordan
Onde Comprar: Saraiva|Submarino|Cultura
Classificação: 5/5

Estou muito depressiva enquanto faço essa resenha,primeiramente, porque acabei “O Herói Perdido”, sinto mais saudade do Percy, pois o livro acaba em um grande ponto de interrogação e, segundo estou fazendo a resenha de um livro que foca na história do Percy, então é muito triste.
          Passando esse momento Fala que Eu te Escuto, vamos à resenha!
         O que acontece nesse livro basicamente (como a sinopse já diz) é que o Rick vai focar no mito do Labirinto de Dédalo, lembram-se daquelas aulinhas de mitologia grega? O minotauro no labirinto, Teseu que vai enfrentá-lo com a ajuda de Ariadne e etc? Tudo isso aparecerá nesse livro de uma forma a lá Rick Riordan, as always.

You may also like

RESENHA: Os 13 Porquês

RESENHA: Os 13 Porquês

RESENHA: O poder dos Seis

RESENHA: O poder dos Seis