RESENHA: FOME

AVISO: Essa resenha contém spoilers, então sugiro que leia primeiro a resenha de GONE – o primeiro livro da série.

Sinopse:Já se passaram três meses desde que todos com menos de 15 anos ficaram presos na bolha conhecida como LGAR (Limitado à Garotada da Alameda da Radiação). A quantidade de comida diminui vertiginosamente há semanas. Primeiro foram os sorvetes, doces e todo o estoque do McDonald’s. Enquanto isso, toda a carne, como as frutas e legumes, apodreceram. Desesperados, os garotos liderados por Sam precisam encontrar uma nova fonte de alimento. Para piorar, Escuridão, uma criatura sinistra que viveu enterrada no fundo das montanhas, começa a convocar alguns adolescentes para influenciá-los, guiá-los, manipulá-los…

Editora: Galera Record

Autor: Michael Grant

Onde Comprar: Saraiva | Submarino

O segundo livro da série Gone de Michael Grant já, como de costume, começa com ação, muita ação. Agora o grande problema que Sam Temple tem que enfrentar junto com a garotada de praia perdida é a fome, a falta de comida está deixando todos à flor da pele e Sam, seus aliados e inimigos não são exceção.

                Agora sendo o verdadeiro líder do LGAR, Sam se vê obrigado a decidir como racionar a comida, como limpar as ruas, como fazer com que todos não morram de fome e para completar ter que ser uma espécie de apaziguador de brigas entre irmãos e outras picuinhas das crianças de Praia Perdida. Mas como tudo que já está ruim piora quando se trata do Michael Grant, Drake atacou a mercearia e Caine parece estar cada vez mais perto, além da Escuridão que começa a manipular cada vez mais gente. Lana, Caine e Drake conheceram a Escuridão ou Gaiáfgo, como ela é chamada, e desde então convivem com alucinações e uma voz insistente em suas mentes.

You may also like

RESENHA: Os 13 Porquês

RESENHA: Os 13 Porquês

RESENHA: O poder dos Seis

RESENHA: O poder dos Seis